MENU - navegue pelas categorias

Qual é o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado para aposentado e servidor público?

Qual é o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado para aposentado e servidor público?

Uma das maiores preocupações de quem pretende pedir um empréstimo ao banco é o quanto terá de pagar mensalmente. Então, surge a dúvida; qual o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado?

No caso dos aposentados e servidores públicos, descobrir o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado — linha de crédito direcionada especialmente para esses perfis —- também é uma consideração.

Isso porque, mesmo que o empréstimo consignado possua os menores juros do mercado e flexibilidade nas negociações, não significa que seus beneficiários não devam se programar financeiramente para utilizá-lo.

Apesar das mensalidades serem descontadas automaticamente, fator que explica seus juros baixos, há um limite para elas.

Sendo assim, continue a leitura desse post e entenda como é estipulado o valor máximo do empréstimo consignado e veja como usá-lo com responsabilidade. Confira!

Entenda o limite de empréstimo para aposentados e servidores

Em geral, qualquer beneficiário do empréstimo consignado pode comprometer até 30% de sua renda mensal com as mensalidades.

Segundo a norma, uma porcentagem maior do que essa colocará em risco a saúde financeira do solicitante.

Para exemplificar, suponhamos que um aposentado ou servidor receba R$2.500,00 de benefício/salário.Sendo assim, o valor máximo das parcelas do empréstimo não podem ultrapassar R$750,00. Esta é uma regra válida para os dois perfis.

No caso dos servidores públicos, a diferença está no número de contratos permitidos.

Saiba como é calculada a margem consignável permitida

Para aprender a  calcular o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado, antes de tudo, você precisa saber o que é a margem consignável.

Trata-se do limite de renda que pode ser comprometido com as parcelas mensalmente, conforme citamos acima, que jamais deve ultrapassar 35%.

Contudo, essa porcentagem não é atribuída de forma arbitrária. Existe uma fórmula usada pelas instituições financeiras que possibilita determiná-la de forma segura.

O cálculo é feito a partir da renda líquida do solicitante — com os impostos descontados — multiplicado por 0,30. O resultado mostra quanto pode ser descontado todos os meses sem prejudicar as finanças do beneficiário.

Como é calculada a margem consignável permitida

Aprenda a usar o crédito consignado com sabedoria

Todo empréstimo precisa ser feito com muito planejamento e responsabilidade. Afinal, você estará usando um dinheiro que não é seu, portanto, precisa ser devolvido em algum momento. Esse é um compromisso que firmará com o banco que lhe concedeu o empréstimo.

Sendo assim, antes de solicitar a linha de crédito consignado, se certifique de que terá renda suficiente para arcar com as parcelas.

Como o pagamento das mensalidades é feito automaticamente, evite gastos não planejados. Você precisa ter saldo disponível em conta no dia do débito determinado no contrato.

Feito isso, não terá de se preocupar com mais nada. O empréstimo consignado possui os juros mais baixos do mercado e condições de pagamento flexíveis. Basta utilizar a quantia liberada para realizar seus objetivos.

Depois de ter lido este conteúdo até o fim, com certeza entendeu qual é o valor máximo da parcela de um empréstimo consignado concedida.

A porcentagem máxima é a mesma  para todos os solicitantes, porém, a quantia total varia de acordo com cada renda.

Contudo, isso não significa que você terá de pagar o limite máximo; na hora de pedir o empréstimo, a instituição financeira escolhida analisará sua condições de renda e encontrará um valor que não prejudique seus ganhos.

Gostou deste artigo? Então, não perca tempo e solicite uma simulação de empréstimo consignado em nosso site!