MENU - navegue pelas categorias

Dicas para reformar sua casa sem gastar muito

Reformar a casa é, provavelmente, o sonho de consumo de muitas pessoas. Assim, representa uma mudança boa, um desejo sendo concretizado, pode ser animador, trazer felicidade e sentimento de realização pessoal. No entanto, muitas pessoas se assustam com todos os processos e, principalmente, com o orçamento. Por isso, é necessário ter cautela e muito planejamento para que o seu sonho não vire um pesadelo. Assim, separamos algumas dicas de como você pode reformar a sua casa sem fazer disso uma grande dor de cabeça.

Reformar casa sem gastar muito

Como reformar sua casa sem gastar muito

Com nossas dicas, você evitará custos extras, demora no tempo esperado e o principal, desperdício. Assim, se você deseja passar por uma reforma sem transtornos e sem destruir seu orçamento, siga nossos passos.

Planejamento

Essa provavelmente é a etapa chata que muitos não gostam de fazer. No entanto, também é uma etapa extremamente necessária. Primeiramente, você terá que definir exatamente o que você deseja reformar. Após definir isso, faça uma lista de materiais e serviços necessários, tente ser o mais detalhado possível e listar tudo que será necessário. Assim, você conseguirá ter uma visão específica do que você precisa resolver e, mais importante, para onde o seu dinheiro está indo.

Gastos

Agora, você precisará passar pelo ritual do orçamento. Assim, coloque na ponta do lápis todos os custos necessários de materiais e serviços, negocie. Acredite, a procura e a negociação valem a pena quando comparadas a economia que você vai obter.

Com isso, você também vai precisar levantar os possíveis aumentos de gastos recorrentes dentro de casa que a reforma pode gerar. Por exemplo, se você deseja construir uma piscina, haverá um aumento considerável na conta de água em sua residência e isso precisa ser levado em consideração. Então, você precisa também analisar sua capacidade de pagamento. Ou seja, o valor que você pode gastar por mês sem se endividar.

Cronograma

Um dos principais problemas de toda obra é o tempo. Sabemos bem que a maioria das obras chegam a durar meses a mais do que o esperado. Por isso, você deve sentar com os profissionais escolhidos por você para definir prazos possíveis de serem cumpridos. Assim, você precisa estabelecer datas de início e fim para todos os processos que serão realizados. Por exemplo; instalação elétrica, piso, gesso, etc.

No entanto, gostaríamos de fazer uma ressalva; não tenha pressa. Fazer o planejamento e se ater a ele é importante, mas de nada adianta você querer acelerar processos complicados e no final as coisas ficarem mal feitas. Então, tenha em mente que a pressa não só é inimiga da perfeição como também pode ser uma boa aliada do estouro no orçamento. Tentar correr demais com os processos pode fazer com que muitos serviços tenham que ser refeitos e, assim, gerar custos muito maiores para você.

Imprevistos

Ao mesmo passo que é necessário planejar tudo, também é importante que entender que nem tudo vai sair exatamente como você arquitetou. Acidentes e imprevistos acontecem e é melhor que você faça sua paz com isso do que sempre perder cabelos quando acontecer algo fora do planejado. Assim, esteja preparada para eventos não esperados e sim, isso atinge seu orçamento. Vamos supor que você tem mãos 10 mil reais para investir na sua casa. Dessa maneira, seu orçamento inicial não pode consumir a totalidade o seu capital, você precisa ter uma reserva para arcar com os imprevistos. Recomendamos que pelo menos 25% do seu dinheiro seja guardado para ser destinado a custos que não estavam no orçamento inicial.

Materiais

Todos queremos economizar onde pudermos, certo? No entanto, isso pode ser um pouco perigoso. Tente não focar somente no custo dos materiais e analise também a qualidade do produto que você está adquirindo. Conhece a frase “o barato pode sair caro”? Pois é, isso pode ser muito bem aplicado aqui. Caso você adquira materiais muito baratos mas de baixa qualidade, é provável que você terá que trocá-los muito mais rápido, gerando um aumento nos custos previstos.

Além disso, durante a obra, é essencial que você preze pela organização e limpeza. Assim, cada material e equipamento precisam ter seu devido lugar. A bagunça na obra gera atrasos e prejuízos pois é muito provável que algum material se danifique ou se perda. Claro, você não precisa ser o maníaco da limpeza, até porque uma reforma envolve muita sujeira. No entanto, é muito importante que cada coisas permaneça em seu devido lugar.

Empréstimo consignado

Caso você deseje realizar seu sonho de reformar a casa mas não tem o dinheiro imediatamente, o empréstimo consignado pode ser uma ótima opção. Por ter em sua natureza uma alta garantia de pagamento, as taxas são baixíssimas. Além disso, o pagamento respeita sua saúde financeira, pois o valor máximo da parcela do empréstimo não pode ultrapassar 35% da sua renda mensal.

Se interessou? Saiba como o empréstimo consignado pode te ajudar a reformar sua casa clicando aqui. A Facilita Crédito Brasil oferece as melhores condições para você com segurança e profissionalismo. Entre em contato conosco e faça um orçamento sem compromisso!