MENU - navegue pelas categorias

7 passos para quitar suas dívidas mais rápido

Sabemos que, hoje em dia, diversas são as preocupações que afligem nossas rotinas. Por conta disso, é corriqueiro que você eventualmente “perca o controle” de suas finanças, e acabe contraindo dívidas. Porém, essa situação é bastante desagradável, e precisa ser contornada, a fim de garantir a estabilização pessoal e financeira que você de fato merece. Logo, para quitar suas dívidas mais rápido e garantir a sua saúde financeira, é necessário implementar alguns hábitos diferentes ao dia a dia.

Alguns passos são fundamentais para que você pare de prejudicar suas finanças e comece a ascender nesse aspecto de sua vida. Confira abaixo algumas dicas para que isso se concretize.

1. Liste suas dívidas

Anotar tudo é uma ótima estratégia para que você consiga quitar suas dívidas mais rápido. Liste todas as suas dívidas, das maiores para as menores. Assim, para cada item da lista, coloque o valor do pagamento que deve ser direcionado mensalmente. Além disso, deixe claro em suas anotações a taxa de juros e total devido. Para isso, você pode usar um aplicativo para cuidar das finanças pessoais, visto que é uma forma mais prática e usual de controlar suas dívidas ou, até mesmo, uma planilha online para uma melhor visualização de seus gastos domésticos, receitas e despesas.

2. Tente negociar suas dívidas

Além de anotar tudo, para quitar suas dívidas mais rápido, você também pode tentar renegociá-las com os credores. Procure as pessoas para quem você está devendo dinheiro e tente parcelá-las, por exemplo. Às vezes, você pode conseguir manejar suas pendências financeiras e, assim quitá-las mais rápido. Não custa tentar diminuir pelo menos um pouco os seus prejuízos, desde que isso seja feito com consciência e senso de realidade.

3. Priorize as dívidas mais altas

Priorizar as dívidas mais altas e pagá-las o quanto antes pode ser uma estratégia que te ajudará a quitar suas dívidas mais rápido. Dessa forma, como apontado no item 1, planeje-se e faça um ranking das dívidas, de forma decrescente. Assim, você poderá visualizar melhor tudo o que precisa pagar e, com isso, sentirá motivação para quitá-las primeiro. Preste atenção, sobretudo, aos juros de cada pendência, e utilize esse critério para organizar as suas prioridades de organização.

4. Corte gastos atuais

Se você quer realmente sobreviver às suas dívidas passadas, um dos passos a serem tomados é parar de gastar dinheiro. Sobretudo, com supérfluos que podem te afundar ainda mais, e sem necessidade. Assim, se você não deseja piorar sua situação financeira, não contraia novas dívidas, ao menos que sejam extremamente necessárias. Decida de uma vez por todas as suas prioridades, e se você realmente precisa comer naquele restaurante todo final de semana, por exemplo. Tente gastar seu dinheiro apenas com o básico para viver relativamente bem; espere um pouco para voltar à sua rotina comum. Abra mão de alguns luxos e observe como você pode economizar e alcançar seus objetivos de economia em um futuro muito próximo.

5. Defina uma meta de poupança

Quanto é preciso poupar por mês para quitar minhas dívidas? Essa é uma pergunta que você deve fazer a si mesmo se deseja quitar o que deve mais rápido. Você precisa definir o quanto precisa guardar a fim de, assim, estar preparado para pagar as suas pendências. Junto com a economia e a lista de dívidas apontadas nos itens acima, você terá muito mais facilidade para controlar as suas finanças. E, assim, conseguir finalmente quitar as suas dívidas com mais praticidade e segurança.

6. Compre mais à vista

Comprar apenas no dinheiro ou no débito é uma das estratégias mais utilizadas por quem quer economizar e não contrair novas dívidas. Assim, sempre que você for realizar alguma compra ou apenas sair na rua, evite ao máximo utilizar seu cartão de crédito. Essa atitude, afinal, pode trazer muitos prejuízos financeiros para a sua vida, uma vez que você provavelmente terá que pagar o valor integral da sua fatura de uma só vez. Muitas vezes, você pode não conseguir o dinheiro para tal, contraindo novas dívidas. Desse modo, torne o hábito de comprar à vista mais recorrente; se não possuir o dinheiro naquele momento, simplesmente não compre. Aguarde até haver a possibilidade de pagar de uma só vez, à vista.

7. Busque uma renda extra

Você já pensou que existem milhares de possibilidades para quitar as suas dívidas mais rápido? Você pode conseguir ganhar uma renda extra com várias ações, que podem ser adotadas agora mesmo. Afinal, para quem está endividado, um dinheiro a mais pode fazer uma grande diferença para extinguir a possibilidade de novas dívidas.

Faça algum “bico”, revenda produtos de alguma marca, não importa! O que você deve considerar é a chance de ganhar um dinheiro a mais para, assim, conseguir se prevenir um pouco mais.

Assim, se você deseja quitar suas dívidas mais rápido e ainda aprender como não contrair dívidas novas, siga todos esses passos. Com isso, você com certeza conseguirá tomar os rumos de sua saúde financeira. Veja também 6 dicas para melhorar sua saúde agora mesmo e adquira um dia a dia muito mais prático e responsável.